Novos Juros, Nova Poupança


Não poderia deixar de falar sobre as mudanças na poupança feita pelo governo recentemente. Resumindo: a taxa fixa da remuneração que era de 0,5% passou a ser de 70% da SELIC quando esta estiver igual ou abaixo de 8,5%. E todo depósito na nova poupança (a partir de 4 de maio de 2012) terá prioridade de saque, mas você poderá requerer o contrário. Por exemplo: se você tiver uma poupança antiga, com aniversário no início do mês (até o dia 4) e tiver depositado um dinheiro no dia 7 de maio (nova poupança) e precisar sacar no dia 4 de junho, portanto antes do aniversário da nova poupança (dia 7), este dinheiro não terá nenhuma correção a não ser que você peça para resgatar da poupança antiga que já passou um mês. Ou seja, na prática esta será uma poupança separada, mesmo que os bancos tentem deixar transparente. Verifique qual a melhor alternativa antes de sacar no “automático” nos primeiros meses, até que você construa uma nova poupança com vários aniversários.

Espero que com a mudança na poupança tenha caído a ficha do investidor que os tempos são outros. Juros altos é coisa do passado. Solução (quem leu meu último post sabe): procurar novas alternativas na renda fixa como debêntures (com risco privado). Porém até estas alternativas começam a não compensar devido ao risco/retorno (pois as taxas irão baixar também). Então sobra a renda variável, como fundos imobiliários (que geram uma renda fixa isenta de IR, proveniente dos aluguéis) ou as ações na bolsa de valores de boas empresas, que também rendem dividendos conforme o lucro e a distribuição definida pela empresa (25% no minimo). Tem risco, portanto tem que avaliar bem os imóveis que representam cada fundo ou a empresa na bolsa.

Uma alternativa interessante são os ETFs (fundos de ações cotados na bolsa com baixa taxa de administração). E agora (até 4 de junho para reservar) o BNDESPar vai lançar um refletindo o índice ECO2 que será negociado como ECOO11 (taxa de 0,38% a.a.). A maioria dos bancos de varejo ofertará o produto, tanto na venda direta (via corretora) ou na forma de fundo com taxa adicional de 1%. A grande vantagem desta oferta é que terá uma opção de venda ao completar 1 ano (uma espécie de seguro para o caso da bolsa cair até lá). Não deixe de ler os detalhes do prospecto da oferta antes de investir no site do seu banco na parte de oferta pública de ativos na seção investimentos.

Anúncios

3 responses to this post.

  1. Posted by Antonio Alves on maio 23, 2012 at 1:11 pm

    Com esta queda na bolsa, principalmente dos bancos, que representam cerca de 30% do índice ECO2, este ETF parece uma boa no momento. Muito mais com o “seguro” (opção de venda) que pode te voltar o capital inicial mesmo que a bolsa continue em queda durante um ano.

    Responder

  2. Posted by Antonio Alves on maio 23, 2012 at 1:14 pm

    Esqueci de dizer que mesmo que você faça a compra direta (ECOO11) o ETF continua sendo um fundo, portanto quando for realizar a venda não terá a isenção de IR para vendas menores que 20 mil no mês como acontece nas vendas de ações de empresas.

    Responder

  3. Mais uma chance, prorrogaram até 12/06 (terça).

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: